Wimbledon: finalista de 2021 falha prova devido à covid-19

28 jun, 13:04
Matteo Berrettini

Tenista italiano será substituído pelo sueco Elias Ymer

O tenista italiano Matteo Berrettini, anunciou esta terça-feira que foi forçado a desistir de Wimbledon, terceiro torneio do Grand Slam, por ter testado positivo à covid-19.

«Estou devastado por anunciar que tenho de desistir de Wimbledon devido a um teste covid-19 positivo. Tive sintomas gripais e estive isolado nos últimos dias», escreveu o italiano, numa mensagem na rede social Instagram.

Berrettini referiu que, «apesar de os sintomas não serem severos», decidiu fazer novamente um teste para «proteger a saúde e a segurança» dos outros tenistas e das restantes pessoas envolvidas no torneio.

Atualmente na 11.ª posição do 'ranking' mundial, Berrettini, que perdeu a final de 2021 para o sérvio Novak Djokovic, chegava ao All England Club em excelente forma, depois de conquistar os torneios de Estugarda e Queen's, igualmente em relva.

O italiano deveria jogar na primeira ronda com o chileno Cristian Garín e será agora substituído pelo sueco Elias Ymer, repescado depois de ter perdido na qualificação.

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados