Djokovic lembra «década de momentos e batalhas incríveis» com Federer

16 set, 17:05
Novak Djokovic e Roger Federer

Tenista sérvio venceu 27 dos 50 duelos com o suíço, que na quinta-feira anunciou o final da carreira

O sérvio Novak Djokovic reagiu esta sexta-feira ao anúncio do fim da carreira de Roger Federer, afirmando que ambos viveram «mais de uma década de momentos e batalhas incríveis» na elite do ténis mundial.

«Roger, é difícil exprimir em palavras tudo o que partilhámos juntos neste desporto. Mais de uma década de momentos e batalhas incríveis. A tua carreira deu o mote para aquilo que significa alcançar a excelência e liderança com integridade e equilíbrio. É uma honra conhecer-te dentro e fora do court (…). Ansioso por celebrar as tuas conquistas e ver-te em Londres», escreveu Djokovic, na rede social Instagram, cerca de 24 horas depois de o suíço ter anunciado que vai terminar a carreira após a Laver Cup, na próxima semana, aos 41 anos.

Ao longo da carreira, Djokovic somou 27 triunfos nos 50 confrontos com o suíço.

LEIA MAIS: Roger Federer, momentos para a lenda

Na quinta-feira, Rafael Nadal reagiu quase de imediato à decisão do «rival e amigo». «Gostaria que este dia nunca chegasse… é um dia triste para mim pessoalmente e para os desportistas de todo o mundo», escreveu o maiorquino nas redes sociais.

Também o português João Sousa falou numa «notícia que ninguém quer ouvir» e Carlos Alcaraz, o novo número um após a conquista do US Open, rotulou Federer de «ídolo».

Federer vai terminar a carreira na Laver Cup, de 23 a 25 de setembro, numa prova que marca o regresso aos courts, depois de Wimbledon de 2021 e após várias operações ao joelho.

Relacionados

Patrocinados