Jogos do Mediterrâneo: Portugal com duas medalhas de prata na natação

4 jul, 23:35
Miguel Nascimento (FP Natação)

Miguel Nascimento e Ana Pinho Rodrigues elevam para 23 o total de medalhas conquistadas por Portugal, num dia com vários recordes nacionais

Os nadadores portugueses Miguel Nascimento e Ana Pinho Rodrigues conquistaram, esta segunda-feira, mais duas medalhas – ambas de prata – para Portugal, nos Jogos do Mediterrâneo Oran2022, na Argélia, respetivamente nos 50 metros livres e nos 50 metros bruços.

Nascimento, de 27 anos, nadou a distância em 22,01 segundos, sendo batido apenas pelo grego Kristian Gkolomeev, primeiro com 21,91 segundos. O argelino Oussama Sahnoune completou o pódio, com 22,40 segundos. O também português Diogo Ribeiro foi quinto, com 22,40 segundos.

Além da medalha, os 22,01 segundos permitem a Nascimento estabelecer um novo recorde nacional, batendo os 22,16 que tinha conseguido, pela última vez, a 1 de abril deste ano, em Coimbra

Já Ana Pinho Rodrigues, de 28 anos, conseguiu prata nos 50 metros bruços ao nadar a distância em 31,31 segundos, sendo batida apenas pela italiana Lisa Angiolini, que conseguiu um tempo de 30,87 segundos, novo recorde dos Jogos do Mediterrâneo. Outra italiana, Anita Bottazzo, foi terceira, com 31,41.

Além dos dois pódios, Portugal contou ainda com um quarto lugar de Mariana Cunha nos 100 metros mariposa, com 59,36 segundos, e o sétimo de Ana Catarina Monteiro, já medalhada nos metros 200 mariposa, com prata, com 1.00,13 minutos. A estafeta feminina, com Camila Rebelo, Ana Pinho Rodrigues, Mariana Cunha e Francisca Martins, foi quarta nos 4x100 metros estilos, com um tempo de 4.07,57 minutos. Ambos os registos das estafetas constituem novos recordes nacionais.

Ana Pinho Rodrigues

Portugal tem agora 23 medalhas na prova, somando os ouros de Leandro Ramos, João Coelho, Cátia Azevedo, Diogo Ribeiro, Camila Rebelo e Rafael Reis, à prata de Ana Pinho Rodrigues, Maria Inês Barros, Ana Catarina Monteiro, Diogo Ribeiro, Miguel Nascimento, Daniela Campos, Jieni Shao, Lorène Bazolo, Liliana Cá e da equipa masculina de ténis de mesa, e os bronzes de Rafaela Azevedo, Lorène Bazolo, Evelise Veiga, Filipa Martins, Tiago Pereira, João Geraldo e da equipa feminina do ténis de mesa.

Os Jogos do Mediterrâneo Oran2022 arrancaram em 25 de junho e decorrem até quarta-feira, com mais de três mil atletas de 26 países diferentes, incluindo 159 portugueses em 20 disciplinas.

Relacionados

Patrocinados