Piquet acusado de racismo por comentário sobre Lewis Hamilton

28 jun, 12:25
Nélson Piquet

Antigo piloto brasileiro comentou a tentativa de ultrapassagem de Verstappen a Hamilton

O Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2021 foi intensamente discutido entre Lewis Hamilton e Max Verstappen, terminando com o título mundial entregue ao piloto da Red Bull.

Nelson Piquet, tricampeão mundial de Fórmula 1, veio agora comentar a tentativa de ultrapassagem feita por Verstappen sobre o inglês, no GP de Silverstone do ano passado, ao ser questionado se era similar a uma manobra de Ayrton Senna, em 1990.

«Não. O neguinho meteu o carro e ele [Verstappen] deixou», afirmou o antigo piloto brasileiro, em entrevista ao canal de Youtube Enerto.

A Fórmula 1 e a Mercedes, equipa de Lewis Hamilton, e o próprio piloto britânico já vieram a público condenar os comentários de Piquet, tendo Hamilton publicado uma mensagem... em português.

«A atitudes discriminatórias e racistas são inaceitáveis e não podem ter espaço na sociedade. Lewis é um incrível embaixador do nosso desporto e merece respeito. O esforço incansável dele para aumentar a diversidade e a inclusão é uma lição para algo com que estamos comprometidos», ressaltou a nota da Fórmula 1. 

«Condenamos veementemente qualquer comentário racista e discriminatório. Lewis tem liderado os esforços para combater o racismo no nosso desporto e é um verdadeiro campeão de diversidade dentro e fora das pistas. Juntos, partilhamos o desejo de um desporto diverso e inclusivo e este incidente ressalta a importância fundamental de continuarmos a melhorar num futuro melhor», informou a Mercedes.

Recorde-se, de que, Max Verstappen namora com Kelly Piquet, filha de Nelson Piquet.

Relacionados

Patrocinados