Girmay, após a rolha de champanhe no Giro: «Feliz por não ter sequelas»

25 mai, 10:36
Biniam Girmay

Ciclista da Eritreia deve voltar aos treinos dentro dos próximos dez dias, confirmou a equipa esta quarta-feira

A equipa do ciclista eritreu Biniam Girmay, que fez história ao ser o primeiro africano negro a vencer uma etapa numa grande volta, no caso no Giro, mas abandonou por ter levado com uma rolha de champanhe num olho na cerimónia do pódio, emitiu uma atualização médica esta quarta-feira, dando conta de que o atleta poderá voltar aos treinos dentro dos próximos dez dias.

«Biniam Girmay foi submetido a novo rastreio médico na Bélgica, na terça-feira, após a lesão ocular que teve durante o Giro. O seu olho precisa de mais descanso e espera-se que o Biniam volte aos treinos nos próximos dez dias», referiu a Intermarché-Wanty-Gobert, em nota oficial através do Twitter, esta manhã.

O atleta de 22 anos, citado pela equipa, mostrou-se aliviado por não ter sequelas na visão.

«Eu sinto-me melhor, estou feliz por não ter sequelas. Gostaria de agradecer aos médicos e à minha equipa. Espero estar apto para correr depois de algum descanso em casa. Continuo a seguir a equipa no Giro, estou feliz pelo sucesso deles», referiu Girmay.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados