Pugilista português no meio de tiroteio em hotel de Dublin

5 fev 2016, 18:39
Ataque Dublin (Reuters)

Bento algarvio assistiu a tudo e relatou momentos de pânico vividos na capital irlandesa. Combates cancelados

Um homem morreu e dois ficaram feridos com gravidade na sequência de um tiroteio durante a pesagem de um combate de boxe num hotel de Dublin, capital da Irlanda, onde estava o pugilista português António João Bento.

De acordo com testemunhas citadas pelo jornal irlandês Irish Times, três homens armados, um deles com uma espingarda AK-47, entraram de rompante na unidade hoteleira por volta das 14h30 e começaram a disparar sobre um grupo de pessoas. Os atacantes estariam ainda vestidos com uniformes da polícia.

O tiroteio aconteceu minutos depois da pesagem para a decisão do título europeu de pesos leves, na qual ia participar António João Bento, também conhecido como Bento Algarvio.

O pugilista, de 40 anos, assistiu a tudo e descreveu os momentos de tensão vividos na sua página do Facebook. 

«Acabaram de fazer um atentado aqui no hotel onde estou na Irlanda, onde houve um morto, dois feridos graves e três ligeiros, vi tudo na minha frente, tudo, o senhor que faleceu, os piratas, encapuzados, (...) tudo mesmo, os canos das caçadeiras viradas para mim, e eu e minha equipe só tivemos tempo de nos abaixar e esconder. Por isto acabam de anular o evento de boxe onde eu ia jogar o título mundial WBO europeu. Haverá outra oportunidade, e agradeço a Deus por me manter vivo e escapar desta. A vida tem destas coisas amigos. Dentro do mal de anular a gala, temos a sorte de estar vivos e sem lesões», escreveu.

O pugilista português bem como a restante comitiva, constituída por Ricardo Ferro e Carlos Pereira, estão em segurança.

 

Amigos, acabo de receber uma notícia triste, triste mesmo.Acabaram de fazer um atentado aqui no hotel onde estou na...

Posted by João Bento Algarvio on  Friday, February 5, 2016

 

Segundo a imprensa, por detrás do ataque poderá estar um ajuste de contas entre gangues.

Patrocinados