Aryna Sabalenka bate Rybakina e conquista o Open da Austrália

28 jan, 11:14

Bielorrussa de 24 anos vence em três sets e ergue o seu primeiro torneio de Grand Slam em singulares

A tenista bielorrussa Aryna Sabalenka conquistou este sábado o Open da Austrália em singulares femininos. Na final, realizada na Rod Laver Arena, em Melbourne, a atleta de 24 anos venceu a cazaque Elena Rybakina e fez história, ao garantir o seu primeiro torneio de Grand Slam em singulares, à sua primeira final num dos quatro principais torneios.

Sabalenka, número cinco do mundo, venceu Rybakina, atual 25.ª classificada do ranking WTA, em três sets, pelos parciais de 6-4 (34 minutos), 3-6 (57 minutos) e 4-6 (57 minutos). Um grande duelo, intenso e emotivo até final, com a duração de duas horas e 28 minutos e que acabou com reviravolta, depois de Rybakina ter ganho o primeiro parcial.

A bielorrussa ainda cometeu uma dupla falta ao seu primeiro championship point e desperdiçou a segunda e a terceira oportunidade para fechar, ao não colocar o primeiro serviço. Pelo meio, ainda defendeu um break point para evitar o 5-5, mas finalmente fechou as contas ao quarto championship point, para garantir um título inédito e histórico.

Este é o terceiro título num major para a Bielorrússia, depois de Victoria Azarenka, semifinalista vencida este ano. Azarenka tinha conquistado os anteriores dois e precisamente no Open da Austrália, em 2012 e 2013.

Com esta derrota, Elena Rybakina, de 23 anos, nascida na Rússia, não consegue assim, à sua segunda final num major, repetir a conquista inédita de um Grand Slam que deu ao Cazaquistão, em 2022, em Wimbledon.

Sabalenka vai assim ascender, na próxima atualização, à segunda posição do ranking WTA, que já tinha ocupado em agosto de 2021.

A bielorrussa sucede assim à australiana Ashleigh Barty, que na edição de 2022 venceu Danielle Collins.

Em torneios do Grand Slam, Sabalenka já tinha ganho, ao lado de Elise Mertens, em pares femininos, o Open dos Estados Unidos em 2019 e o Open da Austrália em 2021.

Relacionados

Patrocinados