ONU pede explicações sobre o desaparecimento da tenista Peng Shuai

19 nov 2021, 14:17
Peng Shuai

«Sublinhamos que é importante sabermos onde é que ela está, em que condições se encontra e como é que está», disse o porta-voz do Alto Comissariado para os Direitos Humanos da ONU

As Nações Unidas pediram provas sobre as condições em que se encontra a tenista chinesa Peng Shuai, que está em paradeiro desconhecido desde o início de novembro, quando acusou um ex-vice-primeiro-ministro da China de a forçar a ter relações sexuais.

«Seria importante ter provas do paradeiro e saber se ela está bem. Pedimos uma investigação transparente sobre as acusações de agressão sexual», disse em conferência de imprensa Luz Throssell, porta-voz do Alto Comissariado para os Direitos Humanos da ONU.

«Sublinhamos que é importante sabermos onde é que ela está, em que condições se encontra e como é que está», acrescentou Throssell.

Nos últimos dias foi criada a campanha #WhereIsPengShuai (Onde está Peng Shuai?), à qual aderiram muitas personalidades do mundo do ténis, e não só, que manifestaram inquietação.

A WTA (Associação de Ténis Feminino) exige respostas de Pequim e já ameaçou suspender os acordos que mantém com a China para a realização de torneios neste país.

Relacionados

Patrocinados