Ministério Público investiga suspeitas de maus-tratos em centro de acolhimento de crianças em Viana do Castelo

28 jun, 08:50
Crianças

REVISTA DE IMPRENSA.No centro desta história está um rapaz de nove anos

O Ministério Público (MP) está a investigar uma denúncia de alegados maus-tratos no Berço de Nossa Senhora das Necessidades, em Viana do Castelo. Trata-se de um centro de acolhimento temporário destinado a crianças em perigo com idades compreendidas entre os zero e os 12 anos. De acordo com o jornal Público, que contactou a Procuradoria-Geral da República (PGR), até ao momento ainda não foram constituídos arguidos.

O caso remonta a junho do ano passado e envolve funcionárias do Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora de Fátima, a instituição particular de solidariedade social que detém o centro de acolhimento.

De acordo com o jornal, no centro desta história está um rapaz de nove anos e o próprio pai que terá apontado duas educadoras como agressoras e ainda uma assistente social. Esta última começou por ser suspensa e acabou despedida com o argumento de que produziu falsas declarações, pondo em causa "a honra, a dignidade, o bom nome e a imagem" do Berço e das colegas.

O processo-crime encontra-se em segredo de justiça.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados