"Esclarecimentos" e "consequências". PCP reage com uma frase à demissão de Miguel Alves

CNN Portugal , BCE
10 nov, 20:32
Miguel Alves (D.R.)

O braço direito de António Costa demitiu-se esta tarde

O PCP já reagiu à demissão de Miguel Alves com um comunicado enviado às redações onde reafirma a necessidade de obter "todos os esclarecimentos" relacionados com os casos que envolvem o braço direito de António Costa na justiça.

“Face à demissão do secretário de Estado Miguel Alves, o PCP reafirma que é necessário que sejam prestados todos os esclarecimentos, que seja feito o apuramento e tiradas as devidas consequências", escreveu o partido, em comunicado.

O secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro anunciou esta quinta-feira a sua demissão, na sequência de dois casos diferentes que remontam a situações ocorridas quando Miguel Alves era presidente da Câmara de Caminha. O gabinete de António Costa confirmou o pedido de demissão, dizendo  também que o chefe de Governo aceitou a saída do governante.

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados