Resgatados 75 migrantes perto da costa de Líbia

Agência Lusa , CV
23 mai, 10:57
Migrantes no Mediterrâneo (AP Photo/Bruno Thevenin)

O Ocean Viking viaja agora com 233 pessoas resgatadas a bordo, depois de na última quinta-feira ter recolhido 158 migrantes, incluindo seis mulheres grávidas e uma criança de três meses

O navio Ocean Viking, que pertence à ONG SOS Méditerranée, resgatou nas últimas horas 75 migrantes no Mediterrâneo central, quando já seguiam a bordo outros 158 migrantes resgatados em várias operações, informou a organização.

"Esta noite, 75 pessoas foram resgatadas pelo Ocean Viking de um barco em perigo a 42 milhas da costa da Líbia, depois de o veleiro Nadir os ter ajudado durante horas", escreveu a ONG nas redes sociais.

Dados do Ministério do Interior italiano indicam que desde o início do ano até agora, cerca de 16.000 migrantes chegaram às costas italianas, em comparação com quase 13.500 no mesmo período do ano passado.

A Organização não Governamental (ONG) SOS Mediterranée adiantou também nas redes sociais que foi informada pelo Alarm Phone de que um navio tinha sido intercetado pela guarda costeira da Líbia.

“As nossas equipas viram um barco de patrulha a transportar várias pessoas, provavelmente devolvidas ilegalmente à Líbia", refere a ONG.

A Alarm Phone é um serviço telefónico que atende pedidos de ajuda de barcos de migrantes no Mediterrâneo Central e informa as autoridades e ONGs dedicadas ao resgate humanitário.

O Ocean Viking viaja agora com 233 pessoas resgatadas a bordo, depois de na última quinta-feira ter recolhido 158 migrantes, incluindo seis mulheres grávidas e uma criança de três meses, que viajavam em dois botes de borracha superlotados nas águas da Líbia.

Nesse mesmo dia, o navio GeoBarents, dos Médicos Sem Fronteiras (MSF), chegou ao porto siciliano de Augusta, com 471 migrantes a bordo, embora tenha demorado mais de um dia para que o desembarque fosse concluído e seis pessoas saltaram para a água "desesperadas após 11 dias de espera injustificada desde o primeiro resgate", explicou a ONG.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Europa

Mais Europa

Patrocinados