Microsoft divulga lucros em baixa de 14% para 17,6 mil milhões de dólares

Agência Lusa , CE
26 out, 00:00
Microsoft (GettyImages)

Mesmo assim, acima das expectativas dos analistas de Wall Street

A Microsoft divulgou esta terça-feira resultados trimestrais, que indicam uma baixa homóloga de 14% dos lucros, a refletir um mercado enfraquecido de computadores pessoais (PC) que afetou o seu negócio com o Windows.

A empresa apresentou um lucro de 17,6 mil milhões de dólares, mesmo assim acima das expectativas dos analistas de Wall Street.

Nos três meses do exercício, a empresa de Redmond, no Estado de Washington, faturou 50,1 mil milhões de dólares, mais 11% homólogos, também acima as expectativas.

O negócio dos computadores pessoais da Microsoft, centrado no seu software Windows, era esperado que apresentasse um impacto negativo devido às incertezas económicas, como a inflação.

A empresa também obtém receitas do licenciamento dos fabricantes de PC que instalam o seu software nestes produtos. Estas receitas caíram 15% no trimestre.

As exportações de PC declinaram 20%, em termos homólogos, segundo a empresa de pesquisa Gartner, que salientou que este foi o maior declínio desde que começou a seguir este mercado, em meados de 1990.

Em comunicado, a tecnológica dirigida por Satya Nadella salientou o crescimento continuado do seu negócio na ‘nuvem’, a Cloud.

Nadella salientou, no texto, que a empresa está a investir nas suas áreas de crescimento e a gerir com disciplina a sua estrutura de custos.

Empresas

Mais Empresas

Patrocinados