Mbappé defende criança vítima de insultos por pedir que ficasse no PSG

12 jan, 00:03
Kylian Mbappé fez quatro golos ante o Cazaquistão (Ian Langsdon/EPA)
Kylian Mbappé fez quatro golos ante o Cazaquistão (Ian Langsdon/EPA)

Camille deixou mensagem ao internacional francês e recebeu várias mensagens de ódio, condenadas pelo jogador

PUB

Numa altura em que muito se especula sobre o futuro de Kylian Mbappé, o atacante francês teve uma atitude ao nível das exibições estratosféricas com que presenteia os adeptos do PSG.

Foi precisamente uma adepta do emblema parisiense que pediu à estrela do futebol mundial para permanecer no clube. Camille, que tem apenas oito anos e sofre de uma doença rara, deixou uma mensagem ao jogador: «Em Paris e em França há milhões de fãs que, como eu, gostam muito de ti. Por favor, fica no PSG e continua a fazer-nos sonhar durante muito tempo. Kylian, desejo-te um ano muito bom com o PSG e com a seleção francesa».

PUB

De forma inexplicável, o inocente pedido da pequena Camille provocou uma série de mensagens de ódio nas redes sociais, denunciadas pela associação ‘Un Sourire Pour Camille’.

«Nunca podíamos imaginar este ódio. A Camille luta todos os dias para distribuir sorrisos. A tristeza que sentimos esta noite está ao nível desta violência», lamentaram.

Ora, Mbappé não ficou indiferente e mostrou toda a solidariedade para com a jovem adepta, tendo condenado as reações negativas que abundam nas redes sociais. «Também te desejo um feliz ano novo minha pequena Camille. Continua a lutar, estás a ensinar-nos uma lição de vida. A violência dos comentários para uma criança... Estamos realmente a chegar ao fundo do poço», escreveu o internacional gaulês.

PUB
PUB
PUB

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Patrocinados