Sete pessoas mortas a tiro em parque aquático no México

Agência Lusa , PP
16 abr, 08:10
Militares nas praias do México, como resposta a onda de crime em zonas turísticas (Fonte: Governo de Quintana Roo)

Incidente aconteceu sábado, após um grupo armado invadir o parque aquático de La Palma, no estado mexicano de Guanajuato

Sete pessoas, incluindo uma criança, foram mortas no sábado por um grupo armado que invadiu o parque aquático de La Palma, no estado mexicano de Guanajuato, de acordo com as autoridades locais.

A polícia "chegou ao local onde encontrou invólucros de cartuchos e corpos de três mulheres, três homens e uma criança de sete anos de idade", informou o município de Cortazar.

"Uma pessoa foi também gravemente ferida", acrescentou no comunicado.

Segundo o proprietário de La Palma, o grupo armado fugiu "levando as câmaras de segurança e o monitor".

O Exército mexicano e as forças de segurança pública do estado de Guanajuato lançaram uma operação em todas as estradas que conduzem ao município, apoiada por um helicóptero.

"O governo municipal lamenta os acontecimentos ocorridos e dará o apoio correspondente às famílias das pessoas afetadas, e reitera a sua vontade de cooperar com as autoridades competentes na esperança de que os responsáveis sejam levados à justiça", salientou o município.

Segundo os testemunhos recolhidos nas redes sociais, pelo menos vinte pessoas entraram e atacaram diretamente o grupo de pessoas que se encontrava no local com armas de fogo.

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados