OFICIAL: Vitinha deixa o FC Porto e é reforço do PSG

30 jun, 22:03

Negócio feito por 41,525 milhões de euros. Médio ligado aos parisienses até 2027

O futebolista português Vitinha é reforço do Paris Saint-Germain, confirmou na noite desta quinta-feira o clube parisiense e também a SAD do FC Porto, em nota enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O médio português deixa o FC Porto num negócio feito por 41,525 milhões de euros, sendo que a SAD do FC Porto terá, de acordo com a informação comunicada à CMVM, «encargos com serviços de intermediação» no valor de quatro milhões de euros.

Vitinha assina pelo emblema gaulês até 2027, ou seja, por cinco temporadas, informou o clube da capital de França.

«A Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD, nos termos do artigo 29º Q do Código dos Valores Mobiliários, vem informar o mercado que chegou a acordo com o Paris Saint-Germain FC (PSG) para a cedência, a título definitivo, dos direitos de inscrição desportiva do jogador profissional de futebol Vitor Ferreira (“Vitinha”) pelo valor de 41,525M€ (quarenta e um milhões, quinhentos e vinte e cinco mil euros). Mais se informa que a FC Porto – Futebol, SAD terá encargos com serviços de intermediação de 4M€ (quatro milhões de euros)», informou a SAD portista.

Tal como o Maisfutebol noticiou, Vitinha era esperado esta quinta-feira em Paris para reforçar o PSG, clube que pagou o valor da cláusula de rescisão pelo atleta, que horas antes da oficialização já tinha sido visto em solo parisiense.

Vitinha é o segundo jovem da formação que o FC Porto vende em poucos dias, depois de Fábio Vieira ter rumado ao Arsenal por 35 milhões, num negócio que também podem chegar aos 40 milhões de euros, mediante objetivos.

O jogador de 22 anos já falou como reforço do PSG esta quinta-feira, aos canais do clube.

«Estou muito feliz por chegar a um grande clube como o Paris Saint-Germain. Mal posso esperar para poder mostrar o que valho. Não gosto muito de falar de mim, prefiro que as pessoas me vejam jogar e depois formem a sua opinião sobre mim. Mas sou mais técnico, gosto do jogo bonito, jogo especialmente para os meus companheiros, sempre quero dar o melhor de mim para ajudar a equipa. Gosto de criar e fazer a ligação.»

Vitinha, que em 2021/22 regressou ao FC Porto depois de ter estado no Wolverhampton, foi campeão nacional pelos dragões e venceu também a Taça de Portugal. Admite que deixa os dragões depois de uma boa época (fez 47 jogos e quatro golos e chegou à seleção nacional) e também já falou com os compatriotas Nuno Mendes e Danilo.

«É sempre um bom momento para vir para aqui. Mas sim, venho da minha melhor época no FC Porto, ganhei títulos e consegui tornar-me internacional português, o que era um sonho para mim. Quero continuar a melhorar e quero fazer isso aqui, continuar a ganhar títulos. Acabei de conversar um pouco com eles [ndr: Nuno Mendes e Danilo] sobre a minha vinda, mas não muito. Mal posso esperar para vê-los novamente e, é claro, farei muitas perguntas, também porque vou precisar de uma ajudinha no começo e sei que vão ajudar», declarou Vitinha.

O atleta natural de Santo Tirso, com grande parte da formação feita no FC Porto, vai para a sua segunda experiência no estrangeiro, depois de ter representado o Wolverhampton em 2020/21.

Relacionados

Patrocinados