Cabaz de medicamentos sem receita aumentou 14 euros

27 mai, 07:12
Suplementos alimentares (Pexels)

REVISTA DE IMPRENSA || Custo médio é agora 251 euros

O cabaz de medicamentos não sujeitos a receita médica aumentou 14 euros este ano. Segundo o relatório a que o Jornal de Notícias teve acesso, o custo médio é agora 251 euros.

Os dados são da Deco Proteste que recolheu os preços de mais de 280 estabelecimentos em todo o país.

O estudo revela que os espaços de saúde dos hipermercados têm preços mais baratos do que farmácias de rua e serviços online.

Os preços variam também consoante o sítio do país já que em Vila Real, os mesmos fármacos custam em média mais 40 euros do que na Guarda.

País

Mais País

Patrocinados