Caminha estima em mais de 8,5 milhões de euros os prejuízos causados pelo mau tempo

Agência Lusa , BC
10 jan, 11:05

Autarquia diz que levantamento dos prejuízos ainda é provisório e que, por isso, o valor final poderá ser superior a 8,5 milhões

A Câmara de Caminha, no distrito de Viana do Castelo, estimou em mais de 8,5 milhões de euros, sem IVA, os prejuízos causados pelo mau tempo no primeiro dia do ano.

Em comunicado enviado às redações, a autarquia sublinhou tratar-se de “um levantamento, ainda com caráter provisório”, que “resulta do apuramento de danos realizado até agora pela câmara municipal, com a colaboração de Juntas de Freguesia, particulares e empresas, e diz respeito a habitações, atividades económicas, equipamentos municipais e infraestruturas municipais”.

A autarquia estimou que, “ao nível de equipamentos e infraestruturas municipais os danos sofridos sejam da ordem dos 7,9 milhões de euros, valor que ainda poderá subir”.

Já os danos sofridos por particulares e empresas, rondarão os 625 mil euros.

“A câmara, através dos serviços de Proteção Civil, mas também da mobilização de outros setores municipais, tem estado no terreno desde o primeiro momento, executando trabalhos de limpeza, restabelecimento de infraestruturas e reposição de condições de circulação e de segurança”, refere a nota.

Segundo aquele município trata-se de “uma primeira intervenção, que vai continuar, mas a dimensão dos danos impõe a realização múltiplas obras estruturais, em vários pontos do concelho, que foi afetado também de forma global, isto é, registaram-se danos em todas as freguesias”.

País

Mais País

Patrocinados