Matteo Messina Denaro, líder da máfia, detido pela polícia italiana após 30 anos em fuga

16 jan, 09:20
Matteo Messina Denaro (Associated Press)

Denaro foi detido numa clínica privada em Palermo

Matteo Messina Denaro, líder da máfia, foi detido em Palermo, na Sicília, confirmou a polícia italiana, citada pela Reuters, que adianta que a detenção ocorreu quando Denaro estava numa clínica privada.

Segundo o comandante da polícia, Pasquale Angelosanto, citado pelo jornal La Repubblica, o líder da máfia encontrava-se na clínica para "realizar tratamento" oncológico. A operação decorreu ao início da manhã e, às 9:35, Denaro era levado para o interior de uma carrinha preta sob escolta policial.

Em comunicado, a primeira-ministra da Itália já agradeceu às autoridades policiais pelo seu trabalho, numa operação que considerou uma "grande vitória" para o país.

O ministro da Defesa, Guido Crossetto, deu os "parabéns à polícia, ao tribunal, às milhares de pessoas que trabalham todos os dias, em silêncio, para defender a justiça".

Matteo Messina Denaro foi condenado a prisão perpétua pela participação nos assassinatos de dois procuradores antimáfia em 1992. O líder da máfia enfrenta ainda outra sentença de prisão perpétua pelos ataques bombistas em Florença, Roma e Milão, que mataram 10 pessoas em 1993.

Relacionados

Europa

Mais Europa

Patrocinados