Deputado do PS defende demissão da ministra da Saúde

17 jun, 19:00

No programa Contrapoder, da CNN Portugal, que será emitido este sábado às 23:00, Sérgio Sousa Pinto afirma que manter Marta Temido no Governo é deixar tudo como está

É a primeira voz socialista - antes mesmo de muitos partidos da oposição - a defender que a ministra da Saúde não tem condições para continuar no cargo. Sérgio Sousa Pinto, deputado do PS e comentador do programa Contrapoder da CNN Portugal, acredita que “o país já não tem confiança na atual titular da pasta da saúde”, mas, sobretudo que já não é possível acreditar que Marta Temido “possa ser a protagonista de um qualquer esforço reformista, numa área que tem de ser reformada”.

No programa que será transmitido este sábado, às 23:00, Sérgio Sousa Pinto lembra que “somos todos defensores de um Serviço Nacional de Saúde”, mas, no atual contexto, não vê que Marta Temido tenha condições políticas para continuar no executivo liderado por António Costa. Deve então demitir-se ou ser demitida? “Se for para manter as coisas como até aqui, a ministra pode permanecer”, responde de forma irónica o deputado socialista.

A ministra da Saúde tem estado debaixo de fogo nas últimas semanas, depois de várias urgências e serviços hospitalares terem sido obrigados a encerrar por falta de médicos.

Esta semana Marta temido veio prometer um plano de curto prazo, até ao fim do verão, que passa pela criação de uma comissão de acompanhamento, um aumento de 60% dos pagamentos feitos aos médicos que se disponibilizem a trabalhar nos hospitais com maiores necessidades e demonstrou ainda disponibilidade para chegar a acordo com o setor privado e social, para alargar a oferta de serviços de saúde.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados