Vasco Seabra: «Não vamos ficar a chorar sobre o leite derramado»

19 ago, 15:48
Vasco Seabra (Marítimo)

Ainda sem pontuar na Liga, o treinador do Marítimo quer dar resposta na visita a Braga

O treinador do Marítimo, Vasco Seabra, garantiu esta sexta-feira que o jogo frente ao Sporting de Braga é o momento certo para dar resposta às duas derrotas no arranque da Liga.

«Não vamos ficar a ‘chorar sobre o leite derramado’, nem a achar que não aconteceu nada, claro que aconteceu e assumimo-lo, com vontade de sermos diferentes e melhores, dando a resposta, naturalmente, no próximo jogo», revelou o técnico insular na antevisão ao embate de domingo.

Apesar das sete contratações para esta nova época, os madeirenses ainda não utilizaram de início nenhuma nas duas partidas disputadas, o técnico de 38 anos deu o exemplo do FC Porto.

«É curioso que toda a gente fique muito preocupada se os reforços jogam ou não. Respeito isso, mas vemos o campeão nacional, que é o exemplo de uma equipa que foi a melhor no ano passado, daí o título. Saíram jogadores que me parece que eram importantes no ‘onze’ e chegaram reforços que também não jogam. Qual é o problema disso?”, adiantou o treinador, relembrando a importância de “gerir em função daquilo que é o equilíbrio da equipa e o momento de forma de cada um», concluiu.

O Marítimo visita o Sporting de Braga, às 18h00 de domingo, em partida da terceira jornada da Liga, com arbitragem a ficar cargo de António Nobre.

Relacionados

Patrocinados