Marcelo será o primeiro presidente português a ir ao Quénia

Agência Lusa , FMC
28 jun, 14:00
Marcelo Rebelo de Sousa, António Guterres e Uhuru Kenyatta na Conferência dos Oceanos (Miguel A. Lopes / Lusa)

O anúncio foi feito por Uhuru Kenyatta: "Queria agradecer ao meu irmão, que aceitou, em momento apropriado, fazer igualmente uma visita ao Quénia”

O Presidente da República aceitou o convite do seu homólogo do Quénia para visitar o país “em momento apropriado”, com Uhuru Kenyatta a manifestar o desejo de “trabalhar em conjunto” para reintroduzir a língua portuguesa na região.

O anúncio foi feito pelo Presidente do Quénia numa conferência de imprensa (sem perguntas) dos dois chefes de Estado, no âmbito da visita de Estado a Portugal de Uhuru Kenyatta, numa altura em que decorre em Lisboa a II Conferência dos Oceanos das Nações Unidas, a que os dois países copresidem.

“Queria agradecer ao meu irmão, que aceitou, em momento apropriado, fazer igualmente uma visita ao Quénia”, afirmou o Presidente da República queniano, dizendo aguardar ansiosamente pelo reforço desta “grande parceria entre estes dois países”.

O chefe de Estado do Quénia sinalizou a vontade de continuar a trabalhar em conjunto sobre a língua portuguesa, já “falada por muitos no continente africano”.

“Temos de saber como podemos trabalhar em conjunto para reintroduzir essa língua na nossa parte do mundo”, apontou.

De acordo com fonte oficial de Belém, esta foi a primeira visita de um chefe de Estado do Quénia a Portugal e será também a primeira deslocação de um Presidente português ao Quénia.

Política

Mais Política

Patrocinados