Dados do Presidente da República partilhados na internet após ataque informático à TAP

23 set, 13:26
Marcelo Rebelo de Sousa em Londres, para o funeral da rainha (Lusa/Nuno Veiga)

Em nota enviada ao Público, a Presidência da República confirma que o chefe de Estado já está informado da situação

Alguns dados pessoas do Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa foram partilhados na internet após o ataque informático à TAP, avança o Público esta sexta-feira.

Em nota enviada ao diário, a Presidência da República confirma que o chefe de Estado já está informado de que algumas das suas informações pessoais foram partilhadas pelos hackers do grupo Ragnar Locker.

Marcelo Rebelo de Sousa junta-se assim aos nomes avançados esta quinta-feira pelo jornal Expresso. Entre as outras personalidades que viram os seus dados serem partilhados estão o primeiro-ministro António Costa, o diretor do SIS Adélio Neiva da Cruz, e ainda o deputado André Ventura.

A TAP foi alvo de um ciberataque na noite do dia 25 de agosto, confirmou a companhia aérea em comunicado, garantindo que "os mecanismos de segurança da TAP foram prontamente acionados e os acessos indevidos bloqueados".

As equipas da TAP têm levada a cabo uma investigação a este evento. "A integridade operacional está garantida, pelo que não há qualquer risco para a segurança de voo", garante a empresa.

O comunicado diz ainda que, na altura, que "não foi apurado qualquer facto que permita concluir ter havido acesso indevido a dados de clientes".

Relacionados

Política

Mais Política

Patrocinados