Marcelo promulga diploma do Governo que reduz a obrigação do uso de máscaras

21 abr, 18:28
Assembleia da República recebe o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky (Miguel A. Lopes/Lusa)

Com a entrada em vigor desta medida, o uso de máscaras deixa de ser obrigatório nos espaços interiores fechados, como centros comerciais, e nas escolas, depois de muitas críticas de especialistas, pais e professores, e até mesmo dos partidos com assento parlamentar. 

O Presidente da República promulgou esta quinta-feira o diploma do Governo que estabelece a redução da obrigatoriedade do uso de máscaras no âmbito da pandemia de covid-19.

"O Presidente da República recebido esta tarde, que procede à alteração ao Decreto-Lei n.º 10-A/2020, de 13 de março, na sua redação atual, que estabelece medidas excecionais e temporárias no âmbito da pandemia da doença COVID-19, reduzindo designadamente a obrigatoriedade do uso de máscaras", pode ler-se no site da presidência.

O Governo anunciou esta quinta-feira o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras nos espaços interiores fechados, à exceção dos locais frequentados por pessoas vulneráveis, como lares de idosos e estabelecimentos de saúde, e de difícil arejamento, como transportes públicos. 

Com a entrada em vigor desta medida, o uso de máscaras deixa de ser obrigatório nos espaços interiores fechados, como centros comerciais, e nas escolas, depois de muitas críticas de especialistaspais e professores, e até mesmo dos partidos com assento parlamentar. 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

PR Marcelo

Mais PR Marcelo

Patrocinados