Veja como foi a festa da CNN Portugal nos Jerónimos

23 nov, 00:17

Políticos, gestores, artistas, jornalistas... Mais de 400 convidados estiveram na cerimónia de lançamento da CNN Portugal, esta segunda feira à noite. Veja o melhor da festa

PUB

3, 2, 1 e nasceu a CNN Portugal. O momento foi assinalado, em palco, por Mário Ferreira, presidente do conselho de administração da Media Capital. A festa de lançamento da CNN Portugal contou com a presença das mais altas figuras dos diversos quadrantes da sociedade portuguesa, desde a política à economia, passando pela cultura e pelo jornalismo.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou ter boas expectativas para a CNN Portugal, e reagiu, em primeira mão, às declarações de João Rendeiro em entrevista ao novo canal, na qual afirmou que a concessão de um indulto presidencial é condição essencial para regressar a Portugal.

PUB

“Aqui há um problema: em novembro, já é tarde [para pedir o indulto]. Não é possível sequer examinar porque há muitos outros que estão em fila e respeitaram o prazo”, disse o chefe de Estado.

Novidades trouxe também Carlos Moedas. O presidente da Câmara de Lisboa anunciou à CNN Portugal que, no dia 1 de dezembro, abrirá no Parque das Nações o “maior centro de vacinação do país”, que será capaz de duplicar a capacidade atualmente disponível na capital.

PUB
PUB
PUB

Mais discreta foi a aparição do primeiro-ministro. António Costa congratulou a TVI pelo “casamento” com a CNN, do qual só poderá resultar uma “melhoria da qualidade de informação” num momento em que se necessita “cada vez mais de informação de qualidade”.

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, foi também um dos convidados do evento, e salientou a importância que o projeto da CNN Portugal tem, pois significa que o país tem condições para “corresponder ao grau de exigência dos cidadãos”.

Fora do mundo político, há a destacar a participação de Henrique Gouveia e Melo e Tony Carreira. O vice-almirante destacou a CNN pela sua “qualidade e pluralidade de informação”, enquanto que o cantor desejou que o canal esteja “à altura” do desafio.

O jornalista britânico Richard Quest marcou presença no evento ao lado de uma comitiva de duas dezenas de membros da CNN internacional. No seu estilo inconfundível, assegurou que os portugueses “não precisam de lições” para dar notícias de forma correta, mas elencou que a CNN trará para Portugal “uma nova forma de ver o mundo”. Com bom humor, desejou sorte aos concorrentes da CNN Portugal, por irem competir contra os “inventores” do formato de notícias 24 horas por dia.

PUB
PUB
PUB

Dentro da família Media Capital, o diretor de informação da TVI, Anselmo Crespo, salientou a “coragem” da administração do grupo por ter investido neste projeto, e abordou o momento político que o país atravessa

“Quando lançamos um canal de informação a angústia é ‘e se não há notícias?’. Não posso dizer que uma crise política seja uma boa notícia, mas, para nós jornalistas, é um desafio enorme”, afirmou Anselmo Crespo.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.

Empresas

Mais Empresas