Covid-19: Portugal "estará preparado" para adotar medidas para os viajantes oriundos da China, diz ministro da Saúde

Agência Lusa , PF
3 jan, 16:16
China (Associated Press)

Manuel Pizarro destacou “a elevadíssima taxa de cobertura vacinal” contra a covid-19 em Portugal, que “dá uma segurança e uma proteção muito significativa”

O ministro da Saúde assegurou esta segunda-feira que “tudo estará preparado” para, em caso de necessidade, serem adotadas medidas de controlo da covid-19 em Portugal, nomeadamente nos aeroportos para viajantes oriundos da China.

“Tudo estará preparado para, se e quando for necessário, adotarmos as medidas de controlo que venham a ser julgadas necessárias”, assegurou.

Vários países, incluindo Estados-membros da União Europeia como Espanha, Itália, França ou Suécia, anunciaram nos últimos dias o estabelecimento de medidas de controlo nos aeroportos para viajantes com origem na China, para prevenir a entrada de portadores do vírus que provoca a doença da covid-19.

Questionado pelos jornalistas no final de uma visita ao Hospital Doutor Fernando da Fonseca (Amadora-Sintra) se Portugal tenciona fazer o mesmo, o ministro da Saúde afirmou que “é uma medida que está a ser equacionada e está a ser preparada”.

“Quando a anunciarmos temos que estar preparados para a adotar de imediato”, explicou.

Manuel Pizarro adiantou que o Ministério da Saúde está em “estreito contacto” com os outros países da União Europeia, com as organizações sanitárias internacionais e, no contexto português, a trabalhar em conjunto com o Ministério da Administração Interna e o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

O governante destacou “a elevadíssima taxa de cobertura vacinal” contra a covid-19 em Portugal, que “dá uma segurança e uma proteção muito significativa”, mas admitiu que isso não significa que não exista a “possibilidade de recrudescimento da pandemia, nomeadamente face à situação pandémica que se vive na China”.

Governo

Mais Governo

Patrocinados