Atleta de 70 anos morreu quando participava no Ultra Madeira

Agência Lusa , WL
1 out, 16:37
Madeira

Organização da prova decidiu cancelar as entregas de prémios e a prova prevista para domingo

Um atleta madeirense, com cerca de 70 anos, faleceu este sábado no decurso da sexta edição da prova Ultra Madeira, no concelho de Machico, disse fonte dos bombeiros e da Associação de Atletismo da região.

Segundo fonte dos bombeiros de Machico, a ocorrência registou-se na zona dos Lamaceiros, Ribeira de Machico, tendo sido enviados para o local 12 elementos da corporação e chamada a Equipa Médica de Intervenção Rápida (EMIR).

“Quando chegaram ao local o homem já não apresentava sinais vitais”, adiantou a mesma fonte.

A operação de socorro contou com a colaboração da Polícia Florestal e foram necessárias “viaturas de todo o terreno para chegar ao local devido ao terreno com lameiro”.

A direção da Associação de Atletismo da Região Autónoma da Madeira já emitiu um comunicado a informar que “no decorrer do evento Ultra Mdeira, na prova de 30 metros, um atleta foi acometido de doença súbita, vindo a falecer, apesar dos esforços dos serviços de bombeiros e Proteção Civil”.

Devido a esta situação, a organização “decidiu cancelar as entregas de prémios e a prova prevista para domingo, 2 de outubro”, lê-se na mesma nota.

A Ultra Madeira é um evento desportivo que visa ligar um extremo da ilha ao outro, sendo o programa composto por cinco provas.

Esta sexta edição tinha 526 atletas inscritos.

País

Mais País

Patrocinados