Rui Vitória: «Schmidt? Não é fácil ganhar duas vezes nos primeiros anos»

29 mai, 20:12
Rui Vitória, selecionador do Egito (AP)

Antigo treinador do Benfica defendeu o alemão e considerou que o Sporting ganhou o campeonato justamente

Rui Vitória saiu em defesa de Roger Schmidt, depois de o alemão ter falhado o bicampeonato com o Benfica. O antigo técnico dos encarnados salientou que «não é normal» um treinador conquistar dois campeonatos nos dois primeiros anos num clube. 

«É um processo que, quer queiramos quer não, não é fácil nas equipas. Não é fácil ganhar-se permanentemente, não é muito fácil e nos últimos anos não há muita gente, nenhum treinador…nós tivemo-lo no Benfica, mas não é muito normal isso acontecer: um treinador ganhar duas vezes nos primeiros dois anos […]. O que quer dizer, é que é possível que isto aconteça: um ano bom e outro menos bom. Agora, quem lá está, as pessoas nos clubes, é que têm de fazer essas ilações», afirmou o técnico luso, à margem do fórum 2Build, em Cascais.

Vitória também considerou que o Sporting doi um justo campeão nacional, assim como o FC Porto mereceu vencer a Taça de Portugal. «O Sporting foi a melhor equipa. No lado do FC Porto, era de alguma forma um consolo ganhar a Taça de Portugal e ter um troféu e acho que também foi meritório por aquilo que também foi o jogo e a forma como os jogadores sempre trabalharam e a forma como sempre vi a equipa a bater-se.»

Quanto às opções de Roberto Martínez para o Euro 2024, o treinador de 54 anos assumiu que compreende a convocatória.

«Na minha perspetiva, o resumo é que o treinador preferiu aqueles jogadores para um qualquer critério que adotou. Há que lidar com essa frieza na comunicação porque, de facto, chegamos à conclusão de que há uma escolha para um lado e uma não escolha para outro e isso é perfeitamente normal», frisou.

Relacionados

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados