Paulo Fonseca explica opção pelo Lille: «Queria treinar numa grande liga»

30 jun, 12:31
Paulo Fonseca (Lille)

Técnico garantiu que quer implementar «futebol ofensivo» no conjunto francês

Apresentado como novo treinador do Lille, Paulo Fonseca explicou as razões que o levaram a aceitar o convite do emblema francês, um clube que seguiu «de muito perto na época passada».

«Para mim, a Ligue 1 é realmente uma das ligas mais fortes. É também por isso que estou aqui. Eu queria treinar numa grande liga e a Francesa é uma das melhores da Europa. Este campeonato é muito competitivo, com características muito específicas. Estou habituado a observar, a observar a Ligue 1. Terei de me adaptar a ela, não será um problema para mim. E também acredito que posso trazer novas ideias para a equipa», disse o técnico luso-moçambicano aos órgãos de comunicação do Lille.

À semelhança do que implementou nas outras equipas que orientou, Fonseca garantiu que quer ver o conjunto francês a praticar «futebol ofensivo», mesmo perante um «adversário melhor».

«Não quero dar demasiados pormenores sobre a forma como vamos jogar. Quero apresentar primeiro o meu projeto aos jogadores. Mas como eu disse, sou um treinador que gosta de futebol ofensivo. Gosto que a minha equipa tome a iniciativa, tente dominar os seus adversários, arrisque e seja sólida quando perde a bola, com reações rápidas e forte pressão», vincou.

O técnico de 49 anos mostrou-se ainda «entusiasmado» por chegar a um país com uma vasta comunidade portuguesa e diz ter ficado com uma «impressão muito boa» da cidade de Lille.

«Sei que França é um destino em que muitos portugueses escolheram para viver e trabalhar ao longo da nossa história. Foi-me dito que existe uma grande comunidade portuguesa aqui em Lille e no Norte. Estou muito aberto à ideia de conhecer os meus compatriotas que vivem aqui, de conhecer restaurantes portugueses, por exemplo, e ir lá. Gostaria de ter esta oportunidade», atirou.

Paulo Fonseca, note-se, está de regresso ao ativo depois de uma temporada sem treinar.

Relacionados

Patrocinados