Carro de José Boto atingido com sete tiros na Croácia: português tinha viajado para Portugal

28 mai, 13:33
José Boto (foto: PAOK)

Balas foram disparadas na direção do banco do condutor. Diretor desportivo do NK Osijek tinha viajado esta segunda-feira para Portugal

O carro habitualmente usado por José Boto, diretor desportivo dos croatas do NK Osijek, foi atingido por pelo menos sete balas disparadas de posição frontal na direção do banco do condutor.

Segundo o jornal desportivo Sportske novosti, tudo aconteceu na madrugada desta terça-feira, um dia depois de Boto ter deixado a Croácia para gozar de um curto período de férias.

Terá sido Alfredo Almeida, coordenador técnico da formação do Osijek, a alertar as autoridades para o sucedido, ele que tinha precisamente dado boleia ao ex-diretor do departamento de prospeção do Benfica até Zagreb para apanhar um voo para Portugal e deixou depois o carro, pertencente a Boto, no local onde o estaciona habitualmente.

O Osijek já reagiu ao sucedido. «Estamos chocados com este incidente! A administração do clube e os seus colaboradores manifestam total apoio ao nosso diretor José Boto e pedimos que quem tiver qualquer informação sobre este desagradável acontecimento entre em contacto com a polícia. O NK Osijek não vai fazer declarações adicionais enquanto a investigação estiver em curso para que as autoridades competentes possam realizar o seu trabalho sem entraves.»

O NK Osijek terminou o campeonato croata no 4.º lugar.

Mais Lidas

Patrocinados