John Textor confirma conversas do Botafogo com Luís Castro

14 fev, 13:03
Luís Castro no Al Duhail (Al Duhail)

Empresário, que negociou ações do Benfica, explica o plano para o emblema brasileiro

Proprietário do Botafogo, o empresário John Textor confirma conversas com o português Luís Castro para assumir o comando técnico do emblema brasileiro.

«Bem... já saiu na imprensa que tivemos conversas com o Luís Castro. Falámos com vários treinadores, de Portugal e da Europa. Falámos com duas situações aqui no Brasil», assumiu o norte-americano, que falou da tendência brasileira para apostar em técnicos lusos.

«Há uma conexão maior entre Portugal e Brasil. Um desejo, uma inclinação das pessoas de Portugal para olhar para o Brasil e tentar entender o jogo e os jogadores do Brasil. Eu acho que essa é uma razão pela qual Portugal se tornou uma ponte tão eficiente entre o estilo de jogo, a criatividade, a capacidade técnica dos jogadores do Brasil, e a Europa. É quase um trampolim para os jogadores do Brasil», explicou Textor, que esteve em negociações para comprar ações do Benfica.

Ainda relativamente à procura de um novo técnico, Textor diz que o problema é que «um ótimo treinador nem sempre vem com uma ótima equipa».

«Podes encontrar o melhor treinador, e até pode estar sentado num restaurante do Rio de Janeiro, mas se ele não tiver o staff certo, ou o sistema certo, temos o risco de juntar uma equipa remendada, temos o risco de esperar que exista uma boa comunicação e que exista química entre os elementos. Muitas vezes as substituições são feitas com base no que o assistente vê, e não o técnico principal. Essa química deve estar presente, e temos procurado em técnicos de todo o mundo», explicou, em entrevista ao Globoesporte.

Brasil

Mais Brasil

Patrocinados