«Os jogadores do United têm de ouvir Ronaldo, trabalhar e calar a boca»

21 jan, 11:29
Man Utd-Burnley

O conselho de Louis Saha, antigo internacional francês, aos mais jovens dos red devils

Cristiano Ronaldo apontou o dedo a alguns jovens jogadores, afirmando que estes não aceitam ser criticados. Louis Saha mostrou concordar com o seu antigo companheiro e frisou que o internacional português ganhou o direito de aconselhar e criticar.

«Se há um jogador que tem direito a dizer o que pensa no balneário, esse jogador é Cristiano Ronaldo. A maioria desses jogadores [jovens do United] ainda não deixaram a sua marca no futebol. Ainda não provaram nada. Podem ter alguns jovens pelas suas seleções, mas o que é que já ganharam? Não sei se ele estava a falar da defesa, do meio-campo ou do ataque, mas não interessa. Não é normal um jogador não aceitar um crítica. Ele só diz o que diz para os ajudar. Ele só quer ganhar títulos no United e sabe como os ganhar, por isso só têm de o ouvir», referiu, em entrevista a uma casa de apostas.

Questionado se o avançado era uma espécie de Deus no balneário, o ex-internacional gaulês respondeu que sim e argumentou.

«Sim, é mas não de uma forma negativa. Se não te sentes intimidado pelo teu Deus, não tens respeito. Não quero com isto dizer que os jogadores têm de o ver como um Deus, mas ele vai ser lembrado como um dos melhores jogadores da história. Não é normal não respeitarem o que Cristiano diz. Eles deviam ouvir a aproveitar cada conselho porque ele teve sucesso ao longo da carreira. Os jogadores precisam de fazer sacrifícios. Eles deviam pensar: 'Espera aí, deixa-me tentar fazer isto durante seis meses. Vou tentar fazer o que ele faz. Estou cansado depois de 60 minutos, mas se fizer o que ele faz talvez consigo jogar 70 na semana seguinte'», explicou.

Saha prosseguiu o raciocínio e deixou um conselho aos jovens jogadores dos red devils: trabalhem e nao falem.

«Esta é uma versão diferente do Ronaldo que jogou comigo. Ele está no topo há 20 anos. Evoluiu, ganhou confiança e tem uma série de conquistas a suportar tudo o que diz. É um trabalhar, uma pessoa que se dedica a ganhar. Ele quer ganhar. Estes jogadores do United devem perguntar a si mesmos se querem ser uns vencedores como ele. Se querem, têm de o escutar, de se dedicar tanto como ele e tentar evoluir tanto como ele. Têm de ser humildes, trabalhar e calar a boca», completou.

 

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Ronaldo

Mais Ronaldo

Patrocinados