Guedes: «Falar com Bruno Lage fez-me querer vir para os Wolves»

9 ago, 12:39
Gonçalo Guedes (Wolves)

Internacional português destacou importância do técnico e dos colegas de seleção

O extremo Gonçalo Guedes é a mais recente aquisição do Wolverhampton e veio aumentar a comitiva portuguesa nos «lobos». O internacional luso, durante a apresentação, destacou a importância do treinador Bruno Lage, com quem trabalhou na formação do Benfica, para que rumasse à Premier League.

«Tive duas ou três chamadas com o treinador, já nos conhecíamos desde a minha passagem pelo Benfica, por isso foi fundamental para vir para os Wolves. Falar com Bruno [Lage] e alguns dos meus companheiros de seleção fez-me querer vir, pois eles disseram que era uma grande liga e que queriam alcançar grandes coisas», confessou aos órgãos de comunicação do clube inglês.

«Muitos deles falaram comigo ainda na seleção. Disseram que era um clube que estava a crescer muito, com muito mais reconhecimento do que no passado. Já tenho uma ótima relação com alguns. Já joguei com o Nélson Semedo no Benfica e depois na seleção, então já temos uma relação muito próxima. E conheço o Rúben [Neves], o Moutinho e o José Sá há algum tempo da seleção, o que é ótimo e vai facilitar muito a adaptação», acrescentou.

Já o presidente Jeff Shi, sublinhou que o Wolverhampton andava atrás de Guedes «há muito tempo».

«Poucas transferências são fáceis, e esta não foi exceção, com vários clubes a tentar garantir o jogador até ao último minuto. Agora, estamos muito satisfeitos», vincou.

Guedes, de 25 anos, deixou o Valência após cinco temporadas e assinou até 2027 pelos Wolves.

Relacionados

Patrocinados