Montenegro quer investigação a investimentos russos em Portugal até à "ultima ramificação"

Agência Lusa , CE
28 out, 22:13

Uma reação do líder do PSD à investigação TVI/CNN Portugal sobre os indícios de lavagem de dinheiro em Portugal por parte de cidadãos russos que escaparam às sanções da União Europeia

O presidente do PSD, Luís Montenegro, defendeu esta sexta-feira uma investigação a todos os investimentos russos em Portugal “até à última das suas ramificações”, com as devidas consequências.

“Não tenho nenhuma informação particular sobre isso, mas acho que todas essas operações devem ser investigadas até à última das suas ramificações e, naturalmente, devem ter consequências”, reagiu.

Luís Montenegro respondia aos jornalistas à margem da abertura da 30.ª Festa da Castanha em Sernancelhe, distrito de Viseu, sobre os indícios de lavagem de dinheiro em Portugal por parte de cidadãos russos que escaparam às sanções da União Europeia (UE).

“O mecanismo das sanções que a UE adotou perante a Rússia é um instrumento fundamental para pressionar a Federação Russa a ter uma resolução para este conflito absurdo, este conflito ignóbil da invasão da Ucrânia com todo o horror que tem sido espalhado pelo território”, considerou.

Neste sentido, o líder do PSD defendeu que “tudo aquilo que os estados da UE possam fazer para concretizar essas sanções e para poder evitar comportamentos de abuso como esse é pouco”.

Luís Montenegro defendeu ser também pouco se se tiver em conta “o ataque aos mais elementares valores da dignidade humana e da democracia que a Rússia está a operar no território ucraniano”.

A CNN Portugal noticiou na quinta-feira que foram encontradas “muitas evidências de um envolvimento muito aprofundado, de muito dinheiro envolvido" de “investimentos luxuosos de russos em Portugal”.

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados