Montenegro diz que governação dos últimos sete anos empobreceu o país

Agência Lusa , AG
15 dez 2022, 19:08
Luís Montenegro (Miguel Pereira da Silva/Lusa)

Líder social-democrata vincou que António Costa esteve em todos os governos socialistas deste século

O presidente do PSD, Luís Montenegro, afirmou esta quinta-feira que o resultado dos últimos sete anos de governação “é o empobrecimento do país” e acusou o primeiro-ministro de usar estatísticas que são incorretas, mesmo do ponto de vista económico.

“Ainda hoje se ficou a conhecer, em definitivo, o desempenho em termos de rendimento per capita do país, em 2021, face à média europeia. Pioramos face a 2020 e pioramos mais de 1%. Portanto, decaímos na relação entre o nosso rendimento per capita e a média da União Europeia”, afirmou Luís Montenegro.

O líder do PSD falava aos jornalistas em Idanha-a-Nova, onde se deslocou no âmbito do programa “Sentir Portugal”, que iniciou no domingo no distrito de Castelo Branco.

“O resultado destes sete anos de governação, no global, são muito elucidativos, é o empobrecimento do país. O doutor António Costa está, de resto ligado, nos últimos 27 anos, a três processos, todos eles muito problemáticos para a vida das pessoas. Primeiro, o pântano do engenheiro Guterres, depois a bancarrota do engenheiro Sócrates e agora o empobrecimento do doutor António Costa. Ele esteve nos três. É um totalista”, considerou.

Partidos

Mais Partidos

Mais Lidas

Patrocinados