Moreno: «Não somos uma super-equipa para dizer que o empate é mau»

Vítor Maia , D. Afonso Henriques, Guimarães
1 out, 23:53

As declarações do técnico do Vitória após ter travado a série de 13 jogos seguidos a triunfar do Benfica

Moreno, treinador do V. Guimarães, em declarações na sala de imprensa do D. Afonso Henriques, após o nulo contra o Benfica, em jogo da oitava jornada da Liga:

«Não passámos a ser uma super-equipa para dizer que um empate contra o Benfica não nos agrada. Temos de manter o equilíbrio e perceber que o Benfica cria muitas dificuldades e vinha de uma dinâmica de vitórias. O empate é positivo.

Acho que não foi o melhor jogo a nível técnico, mas quero dar os parabéns aos atletas pela forma como interpretaram o que trabalhámos durante a semana. Tivemos de ser muito equilibrados, ter responsabilidade e perceber os jogadores que o Benfica têm. O coletivo do Benfica poderia não funcionar, mas tínhamos de estar alerta por causa do talento dos seus jogadores. Faltou-nos mais classe e mais calma para sairmos em transição na segunda parte.

O Benfica nunca se desequilibrou. Quando os espaços apareceram, o Safira isolou-se e... já vi o lance e já vi marcarem penáltis daqueles no nosso campeonato. Depois, no outro lance, é claramente penálti sobre o André André. Não percebo por que razão o VAR não alertou o árbitro. Mas não me quero alongar em relação a isso. Poderíamos ter vencido porque um penálti é uma oportunidade flagrante, mas conseguimos um ponto. Não somos uma superequipa para chegarmos cá desanimados pelo empate contra uma equipa que tinha 13 vitórias em 13 jogos.

Nunca estive nervoso. É a forma viva de estar no jogo e de passar informação para dentro de campo. As faltas existem e são para serem feitas. Não apelo a que os jogadores 'matem' as jogadas, mas se não tivéssemos essa agressividade no bom sentido, o Benfica iria criar ainda mais problemas.»

[Sobre a exibição do Bamba]:

«Dá-me um prazer enorme ver este mi+udo, com 19 ou 20 anos, a fazer a exibição fantástica que fez contra uma equipa destas e contra atletas com muito mais experiência. O Bamba fez um jogo fantástico, perspetivo-lhe um grande futuro. O Amaro tem 20 anos, o Nélson da Luz tem 21 ou 22 e o Afonso Freitas tem 21 ou 22 anos. Temos muitos jovens e ficámos satisfeitos por terem dado a resposta que deram contra este adversário. Na antevisão disse que alguns dos nossos atletas vão estar noutros patamares num futuro muito próximo. Realmente eles são bons. Mas temos de ser equilibrados e eles têm de perceber que ainda têm de trabalhar muito e de fazer muitos jogos deste nível para irem para outros patamares.

Vamos agarrar-nos ao que conseguimos fazer contra um adversário forte. Mas na próxima semana vamos ter um jogo tão ou mais difícil que este. Todas as equipas técnicas são muito competentes e é difícil conquistar pontos neste campeonato. Não permito que haja relaxamento. Se não tivermos a mesma humildade e o mesmo rigor, não vamos conseguir tirar pontos de Paços de Ferreira.»

 

Relacionados

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados