«Alguns jogadores que possivelmente vão sair deram muito ao Vizela»

26 mai, 23:47
Vizela-Sporting (MANUEL FERNANDO ARAUJO/LUSA)

Treinador dos vizelenses, Tulipa, enumera «cumplicidade» entre jogadores como Kiki Afonso, Kiko Bondoso, Guzzo ou Samu. «O tempo que passam juntos nota-se no campo»

Declarações do treinador do Vizela, Tulipa, à SportTV, após a derrota por 2-1 ante o Sporting, em jogo da 34.ª e última jornada da I Liga:

«Foi um jogo muito mais difícil para nós. Não encontrámos tantas soluções para manter a bola, para ter possibilidade de jogar o nosso jogo. Baixámos muito, por responsabilidade do bom jogo posicional do Sporting, da qualidade da sua equipa, individual e coletiva. Acho que o Sporting joga muitíssimo bem. Toda a gente conhece e reconhece bem as dinâmicas deles, mas são difíceis de parar.»

«A equipa soube sofrer e conversámos um bocadinho lá dentro e foi o que lhes disse: somos uma equipa habituada a querer jogar, foi o contrário do que é hábito para nós, mas deram uma boa resposta. O segredo para manter este clube no seu rumo tem muito a ver com estes jogadores, com esta relação, com o profissionalismo deles e, acima de tudo, com o prazer deles a querer jogar e competir.»

[Se é possível manter isso, mesmo com possíveis saídas da base do plantel:] «São relações que vêm de trás, do Campeonato de Portugal. Depois, esse tempo que passam juntos - porque a maior parte deles também vive aqui - nota-se no campo, no treino. É fácil o Kiki, o Kiko, o Guzzo e o Samu ligarem jogo, ou seja, essa cumplicidade a nível social também existe e é mais difícil de conseguir quando os jogadores saem. Quando se tem de, no fundo, formar novos plantéis e estruturas. Perde-se isso, mas acho que estes jogadores que possivelmente vão sair deram muito ao clube. Alguns deles só agora começam a dar muito ao futebol, quando têm ótimas qualidades e andaram muito tempo perdidos noutras divisões.»

Relacionados

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados