Ruben Amorim: «Vitória justa de uma equipa que voltou à sua identidade»

Bruno José Ferreira , Estádio do FC Vizela
16 jan, 20:50
Ruben Amorim no Vizela-Sporting (Hugo Delgado/Lusa)

Vizela-Sporting, 0-2 (reportagem)

Declarações de Ruben Amorim, treinador do Sporting, na sala de imprensa do Estádio do FC Vizela, após o triunfo (0-2) frente ao Vizela:

«Os primeiros dez minutos foram algo confusos, com algumas bolas nas costas. Não conseguimos empurrar o Vizela para o seu meio campo, como fizemos a seguir. Depois sim, começámos a chegar na frente coma mais facilidade, com mobilidade, chegámos aos golos com naturalidade, com boas jogadas. Fomos para o intervalo com uma vantagem justa, na segunda parte conseguimos gerir o jogo, mas temos que ser mais incisivos, temos de marcar o terceiro e marcar o quarto. As equipas precisam de evoluir. No fim os centrais perderam bolas que não precisávamos de perder. Penso que é uma vitória justa de uma equipa que voltou à sua identidade».

[Falta de alegria?] «Tem muito a ver com o resultado que aconteceu, porque sofremos cinco golos nos últimos jogos. Não olho assim, para uma falta de alegria. Se o Pote marcasse golos aparecia na câmara a rir-se e diziam que tinha muito energia. Trabalham sempre com alegria, senti uma equipa intensa. Se calhar o q.b. está relacionado com o facto de estarmos a vencer por dois zero. Controlamos muito bem os jogos, o Porto e o Benfica marcam muitos golos, têm essa característica que nós não temos, temos de trabalhar isso».

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados