Ruben Amorim: «Somos fortes a segurar vantagens, hoje não tivemos isso»

Bruno José Ferreira , Estádio Municipal de Braga
7 ago, 20:51

Sp. Braga-Sporting, 3-3 (reportagem)

Declarações de Ruben Amorim, treinador do Sporting, na sala de imprensa do Estádio Municipal de Braga, após o empate (3-3) na ronda inaugural do campeonato:

«Somos fortes a guardar vantagens, fundamentalmente no fim, e não tivemos isso. O Braga empurrou-nos para lançamentos, para duelos e segundas bolas e não ficámos confortáveis. Após o 2-1 teríamos de ser melhores na definição para matar o jogo. Quando marcámos o primeiro só tínhamos de mantermos a bola, para não perdermos na segundas bolas. Perdemos dois pontos na primeira jornada, temos de voltar aquele instinto de sobrevivência que tivemos.»

[Após sofrer três golos a defesa é o setor a trabalhar?] «Obviamente, até porque uma marca da nossa equipa sempre foi de defender bem. Sofrer três golos no primeiro jogo, alguns da forma como aconteceram, é um alerta para todos nós. A nossa equipa defende bem, temos de melhorar em todos os aspetos do jogo, neste caso é voltar ao normal. Não deixaríamos o Braga entrar no jogo, mérito do Braga, mas demérito nosso».

[Regressar ao normal é ainda mais importante dado o calendário?] «É sempre igual, vamos ter de jogar contra todos. Tivemos tudo para ganhar várias vezes, para dilatar a vantagem, e não aconteceu. Frustrante é, mesmo não estando no máximo, e podemos ter dias assim, podíamos claramente ter ganho o jogo. Empatámos em casa do Braga, é importante não cometer erros do passado e não entrar em ansiedade».

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados