Pedro Proença: «Temos todos de pensar no que andamos aqui a fazer»

20 set 2022, 22:02

Presidente da Liga voltou a comentar os dois episódios que mancharam o futebol português à entrada para a Gala das Quinas de Ouro

Pedro Proença apelou à estabilidade no futebol e anunciou que a Liga vai manter o combate à intolerância, racismo e xenofobia. O presidente da Liga de Clubes, à entrada para a Gala das Quinas de Ouro, na Cidade do Futebol, manifestou ainda o desejo que as famílias possam regressar «com tranquilidade» ao futebol depois dos episódios nas bancadas de Famalicão e Estoril.

«Quanto a isso fomos claros e objetivos, a Liga de Portugal começou há um par de anos o combate à intolerância, ao racismo, à xenofobia, portanto não vamos abdicar desse caminho. O público esteve quase dois anos afastado dos estádios, queremos que as famílias possam regressar com calma e tranquilidade. Esses dois episódios não nos devem manter satisfeitos, vamos continuar a trilhar o caminho com as autoridades competentes», comentou.

O presidente referiu aos dois episódios recentes que se verificaram em Famalicão, num jogo com o Benfica, e no Estoril, num jogo com o FC Porto. «É um problema transversal, não diz respeito apenas ao futebol, atinge todas as atividades em concreto. Temos todos que pensar no que andamos aqui a fazer», acrescentou.

Num dia de festa, Pedro Proença preferiu deixar as polémicas à parte. «Estamos na Gala das Quinas de Ouro, um momento em que podemos eleger os que mais têm feito pelo desporto em geral e pelo futebol em particular. Hoje é um dia de festa e aproveito para dar os parabéns à nossa seleção de Portugal», referiu ainda o dirigente.

Relacionados

Patrocinados