Turquia
Finalizado
3 - 1
Geórgia

Moreirense-Estoril, 2-1 (destaques)

Bruno José Ferreira , Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas
18 mai, 20:03
Moreirense-Sporting (HUGO DELGADO/LUSA)

Franco atira, à bomba, o Moreirense para a história

A FIGURA: Gonçalo Franco
Aliou ao jogo operário a classe que lhe é reconhecida. O médio do Moreirense é uma verdadeira máquina no setor intermediário, desempenhando todos os papeis nos mais diversos momentos do jogo. Destaca-se no papel defensivo, nos equilíbrios, nos duelos e também com o esférico. Assina o momento da tarde com um grande golo a dar o triunfo aos cónegos.

O MOMENTO: segundo golo do Moreirense (66’)
Gonçalo Franco galgou metros com a bola no corredor central, posicionando-se para a finalização. Sem oposição, aproveitou o espaço para encher o pé e disferir uma bomba, na passada de fora da área, a bater Daniel Figueira com espetáculo. Grande remate, ainda a uma distância considerável da baliza, com selo de golo.

OUTROS DESTAQUES

Guitane
Longe do nível já atingido esta temporada, o extrema foi dos que mais se evidenciou no ataque do Estoril. Tirou vários cruzamentos a partir do lado direito, ainda que sem criar grande perigo.

Antonisse
Uma das quatro novidades do Moreirense no onze inicial, o atacante esteve mexido no corredor esquerdo. Fabrica o golo inaugural do encontro, com um passe açucarado para Mingotti.

João Carlos
Aposta ao intervalo, o avançado do Estoril mexeu com o jogo, fazendo o que se pretendia com o seu lançamento ao intervalo. Possante, precisou apenas de quatro minutos para empatar o jogo.

Gilberto Batista
O jovem jogador voltou a ser titular no eixo da defesa, ao lado de Marcelo, mostrando atributos. Sereno, teve uma prestação tranquila. Fez, com o companheiro de setor, um bom jogo.

Patrocinados