«As responsabilidades crescem, vamos defrontar equipas do nosso campeonato»

22 set 2023, 16:18
Famalicão-Moreirense (Lusa/Estela Silva)

Rui Borges anteviu o jogo com o Farense, o próximo adversário após derrotas com FC Porto, Sp. Braga e Sporting nas primeiras jornadas

Depois de ter perdido com FC Porto, Sporting de Braga e Sporting nas cinco primeiras jornadas da Liga, Rui Borges anteviu um «jogo difícil» com o Farense e assumiu que os minhotos têm de igualar a intensidade e o nível competitivo dos algarvios.

«Será um jogo difícil, mas sentimo-nos capazes de voltar às vitórias na nossa casa, e de continuar o nosso trajeto, independentemente do resultado da última jornada, onde o Sporting foi melhor [3-0]. Temos de olhar para a frente. As responsabilidades crescem, porque vamos defrontar equipas do "nosso" campeonato. Sabemos o que queremos perante um adversário muito motivado», realçou o técnico.

Rui Borges pediu «paciência e critério» ao Moreirense, que terá pela frente uma equipa que «dá pouco espaço», é «muito intensa nos duelos» e «não dá bolas por perdidas».

«Estamos cientes de que é muito competitiva, à imagem do seu treinador [José Mota], muito coesa, bem trabalhada, muito boa no processo ofensivo, no contra-ataque e no ataque rápido. Tem criado a maior parte dos seus golos dessa forma. É uma equipa muito forte nos esquemas táticos devido ao porte atlético da sua equipa», observou.

Moreirense e Farense reencontram-se dois meses depois do duelo na Taça da Liga, em que a equipa de José Mota venceu no desempate por penáltis (4-3), mas Rui Borges lembrou que os dois conjuntos estavam à procura do «melhor momento físico» e perspetivou «um jogo totalmente diferente» no campeonato.

O Moreirense recebe o Farense, em jogo marcado para as 15h30 de sábado, que pode seguir AO MINUTO no Maisfutebol.

Relacionados

Patrocinados