Vasco Seabra: «Quisemos competir, olhar mais para a frente»

19 dez 2021, 19:15
Benfica-Marítimo (Lusa/António Cotrim)
Benfica-Marítimo (Lusa/António Cotrim)

Treinador do Marítimo destaca a forma como os insulares encararam a partida na Luz

PUB

Declarações do treinador do Marítimo Vasco Seabra na flash interview à BTV após a derrota por 7-1, diante do Benfica, no Estádio da Luz:

«Um jogo com pouca histórica. O Benfica fez golo na primeira vez que chegou à baliza, a nossa resposta foi boa, quisemos competir, olhar mais para a frente e pressionar alto. Num lance esquisito, logo a seguir, sofremos e o resultado acaba por se avolumar e não tivemos capacidade para suster e manter o nosso registo. A derrota dói, é um resultado duro. Temos 24 horas para sofrer, temos de arrebitar e terça-feira voltar com entusiasmo e dar uma resposta positiva no próximo jogo.

PUB

[Deu espaço atrás?] Quisemos ser iguais a nós mesmos. São dores de crescimento normais, o resultado avolumou-se para números que me parecem demasiados. Provavelmente recuperámos mais bolas no meio-campo ofensivo do que a maioria das equipas que joga na Luz. Tivemos perdas de bola que contra um adversário tão forte fica difícil anular as transições. Expusemo-nos em algumas situações, temos de ser mais agressivos e coesos.

PUB
PUB
PUB

[Primeira derrota ao quarto jogo] A equipa vai reagir da mesma forma que reage quando vencemos. A equipa sabe que quando cada um de nós dá o melhor de si sentimo-nos descansados quando chegamos à cama. A equipa tem alma, determinação e quer que os adeptos se orgulhem. Foi um resultado que não queríamos que acontecesse.»

Relacionados

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados