Estoril-Sporting, 0-1 (destaques)

David Marques , Estádio António Coimbra da Mota, Estoril
11 mai, 20:36
Paulinho e Ricardo Esgaio festejam golo no Estoril-Sporting (RODRIGO ANTUNES/Lusa)

Tiro de Paulinho derruba dois recordes

A FIGURA: Paulinho

Já tinha sido o homem do jogo no Sporting-Portimonense, no passado fim de semana, e neste sábado voltou a ser preponderante. Saltou do banco aos 57 minutos e a partir desse momento os leões cresceram no jogo, deixando para trás quase uma hora de desinspiração. Aos 81 minutos decidiu, a passe de Nuno Santos, o jogo no António Coimbra da Mota, embalando o campeão para o seu recorde de pontos numa Liga - 87 pontos, mais um do que o Sporting de Jorge Jesus (2.º classificado) em 2015/16 - e para o seu máximo de vitórias na prova: 28.

O MOMENTO: golo do Sporting: MINUTO 81

Desequilíbrio de Gyökeres, bola para Nuno Santos e mais uma assistência do lateral-esquerdo leonino para um golo do Sporting, num filme tantas vezes visto e com Paulinho novamente a ser protagonista.

OUTROS DESTAQUES

Pedro Álvaro: não deu um centímetro de espaço a Gyökeres, levando a melhor em quase todos os duelos que travou com o goleador sueco do Sporting. Arriscou numa saída de bola a abrir a segunda parte, mas não houve consequências. Mostrou concentração e serenidade até sair do jogo aos 79 minutos. Pouco depois, o Sporting marcou.

Marcelo Carné: teve uma primeira parte bastante tranquila, já que o Sporting não efetuou qualquer remate enquadrado. Na etapa complementar foi forçado a aplicar-se. Voou para negar um golaço de Esgaio, ficou com as luvas a arder pouco depois quando teve de aplicar-se perante um tiro de Gyökeres e ainda brilhou numa outra tentativa de Trincão.

Trincão: teve uma primeira parte algo discreta, mas ainda fez um remate que saiu perto do poste. Cresceu nos segundos 45 minutos, tentando a sorte um par de vezes. Numa delas ficou perto do golo, mas Marcelo Carné esteve à altura. Está solto como poucos nesta fase da época.

Diogo Pinto: com Franco Israel e Antonio Adán lesionados, o guardião de 19 anos teve a estreia pelo Sporting no primeiro jogo dos leões após a conquista do título. Na primeira parte fez apenas uma defesa fácil, a dois tempos, aos 40 minutos e desembaraçou-se bem com os pés após um atraso em que a bola lhe chegou a saltitar.

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados