Estoril-Famalicão, 2-0 (destaques)

Adérito Esteves , Estádio António Coimbra da Mota, Estoril
6 ago, 20:26

Tiago Gouveia dá asas ao «canarinho»

A FIGURA: Tiago Gouveia

Dez dias. Tiago Gouveia chegou ao Estoril e não demorou a apresentar-se. Na estreia oficial pelo clube estorilista, o jovem extremo emprestado pelo Benfica abriu o livro e mostrou ao que vem. Esteve nos dois golos na primeira parte, fazendo todo o trabalho na jogada em que Geraldes inaugurou o marcador, e assistindo depois Arthur para o 2-0. Pelo meio, ainda ficou ele perto de marcar após nova jogada individual concluída com um potente remate de pé esquerdo que não passou longe da baliza do Famalicão. Conquistou os adeptos também pela entrega na hora de defender. Ovacionado pelos adeptos e muito acarinhado pelos companheiros ao sair, a 10 minutos do fim.

O MOMENTO: Dani Figueira segura a reação

O Famalicão não esteve particularmente inspirado na estreia na Liga, mas nunca se sabe o que um golo pode fazer ao ânimo de uma equipa. Depois de chegar ao intervalo a perder por 2-0, o conjunto minhoto beneficiou de penálti ainda antes dos 10 minutos da segunda parte. Dani Figueira, porém, negou a tentativa de Millán com uma grande defesa que segurou a possível reação do adversário.

OUTROS DESTAQUES

Francisco Geraldes

Após a saída de André Franco para o FC Porto, o médio formado no Sporting herdou a camisola 10 e a posição do jogador que foi uma das revelações da época passada. Ficou bem entregue a camisola que, a avaliar pela amostra, vai continuar a festejar golos. Geraldes abriu o marcador depois de surgir de forma oportuna a fazer a recarga após um alívio da defesa do Famalicão após cruzamento de Tiago Gouveia.

Dani Figueira

O jovem guarda-redes destacou-se na época passada e parece decidido a afirmar-se definitivamente na Liga. Sempre bem colocado, o que lhe permitiu fazer várias defesas daquelas fáceis, brilhou ao travar o penálti de Millán, a abrir a segunda parte e ainda negou o golo também a Cádiz já perto do final. Um valor seguro a crescer na Amoreira.

Gonçalo Esteves

Titular na estreia pelo Estoril, o jovem lateral emprestado pelo Sporting teve bons e maus momentos diante do Famalicão. Pela positiva, de notar aquilo que dá à equipa em termos ofensivos. Combinou muito bem com Tiago Gouveia e as suas subidas desorientaram várias vezes a defesa famalicense. Contudo, pareceu algo desconcentrado em alguns momentos na fase defensiva e na saída a construir de trás. Mas não é para crescer que está no Estoril?

Heri

O extremo foi o mais inconformado do lado do Famalicão e aquele que deu mais trabalho deu à defesa do Estoril. Faltou-lhe maior clarividência no momento da decisão para ser mais feliz nesta tarde na Amoreira.

Relacionados

Patrocinados