Boavista castigado com um jogo à porta fechada

4 jan, 21:43
Boavista-Sp. Braga

Axadrezados considerados reincidentes por infrações no sistema de videovigilância

O Boavista foi punido pela Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol com um jogo à porta fechada, por infrações no sistema de videovigilância, na receção ao Belenenses (0-0), para a Liga, a 25 de outubro de 2021.

«Em 4 de janeiro de 2022 foi proferida decisão que condenou a Boavista Futebol Clube - Futebol, SAD na sanção de multa no valor de 2.040 euros e ainda com a sanção de realização de um jogo à porta fechada», pode ler-se no comunicado do organismo.

Em causa, está o incumprimento do regulamento da Liga, nomeadamente o primeiro ponto do artigo 127.º e os quinto e sexto pontos do artigo 87.º-A.

«O clube que não instale e mantenha em funcionamento um sistema de videovigilância de acordo com o preceituado nas leis aplicáveis é punido com a sanção de multa entre o mínimo de 50 e o máximo de 100 unidades de conta. Em caso de reincidência no ilícito, para além da sanção prevista, o clube é punido com a sanção de realização de um a dois jogos à porta fechada», esclarecem os referidos pontos do documento.

Os axadrezados anunciaram que vão recorrer da sanção, que consideram «excessiva e desproporcionada», disse fonte do clube, citada pela Lusa.

O Boavista volta a jogar em casa no próximo sábado, a partir das 20h30, diante do Tondela, em jogo da 17.º jornada do campeonato e última da primeira volta.

Relacionados

Patrocinados