Bruno Varela analisa os dois lances de penálti com Taremi

19 mai, 12:40
V. Guimarães-FC Porto

Guarda-redes do Vitória de Guimarães fala abertamente sobre duelos com o avançado do FC Porto

Bruno Varela aceitou falar abertamente sobre os dois lances que disputou com Mehdi Taremi no V. Guimarães-FC Porto (0-1) e que resultaram em igual número de castigos máximos para a formação portista.

Taremi conquistou dois penáltis no Estádio D. Afonso Henriques, no jogo realizado a 10 de abril, converteu com sucesso o primeiro e viu Bruno Varela negar-lhe o bis no segundo.

«No primeiro lance, eu não estava bem posicionado. Estava na esperança de o Taremi não conseguir dominar a bola. Depois tive tempo de voltar para a baliza, mas fiquei a meio do caminho e esse meio do caminho é que me faz decidir e pensar que podia chegar à bola. A primeira coisa que pensei é que ia chegar primeiro, mas a meio caminho arrependi-me. Isto foi muito discutido, mas eu, sendo honesto, se fosse o meu avançado a sofrer esta falta, para mim era penálti. Eu aceito o penálti. Ele fez o trabalho dele, eu é que não devia ter abordado o lance dessa maneira», disse o guarda-redes, ao Canal 11.

Medhi Taremi bateu o castigo máximo e marcou o único golo do encontro ao minuto 36. Depois, beneficiou de nova grande penalidade, já na etapa complementar: «É outro lance em que não posso ser hipócrita. Se fosse o meu avançado, o Óscar, o Bruno, eu aceitaria penálti e ia dizer que era penálti. O Taremi foi muito rato, como nós dizemos. A verdade é que ele é, ele faz isto com uma facilidade impressionante. Eu próprio fiquei muito frustrado porque tinha isto mais que estudado, já tinha visto ene lances do Taremi.»

«Senti que estava numa boa posição. Quando o Taremi quando domina a bola, eu acabo por fixar à frente dele, o meu joelho estava um pouco à frente. Quando ele toca na bola, eu já estava a levantar os braços, porque já sabia que ele vinha contra o meu joelho, porque o meu joelho estava mesmo a pedir. Até pensei que, como foi um contacto muito forçado, podiam marcar ou não. A meu ver, ele procurou em demasiada. Aceito o penálti, ele procurou em demasia, mas o meu joelho estava lá», disse Bruno Varela, com uma sinceridade assinalável.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados