Evangelista: «Nunca pensei que o David Simão aguentasse 60 minutos»

Ricardo Jorge Castro , Estádio Municipal de Arouca, Arouca
21 jan, 22:03
Armando Evangelista no Arouca-Sporting (LUSA)

Arouca-Benfica, 0-2 (reportagem) | Treinador do Arouca mostrou-se satisfeito com a exibição e o esforço dos jogadores, após uma semana condicionada pela covid-19, lesões e castigos

Declarações do treinador do Arouca, Armando Evangelista, na sala de imprensa do Estádio Municipal de Arouca, após a derrota por 2-0 ante o Benfica, em jogo da 19.ª jornada da I Liga:

[Parte final forte do Arouca:] «Eu vi um Arouca a fazer uma primeira parte muito boa, em termos de organização defensiva esteve coeso, não permitiu praticamente nada ao Benfica. Vi um Arouca a procurar os espaços e a criar espaços. É verdade que faltou alguma referência ofensiva a nível de corredor central, fruto das adaptações que tivemos de fazer, com a ausência do André e do Oday. O que me parece que desequilibrou foi só e simplesmente a eficácia. Se formos analisar friamente, na primeira parte o Benfica tem uma grande penalidade e converteu, nós não. Na segunda parte temos uma oportunidade do Antony, outra do Bukia, mais uma série de bolas na área que podíamos ter, com outro tipo de jogador naquele espaço, mais identificado, finalizado de forma diferente.»

«Estamos a jogar com o Benfica e acho que é de valorizar o que conseguimos, levámos o jogo até aos 90 minutos com incerteza e eu adivinhava, previa e sentia que tínhamos condições para fazer um golo. Não aconteceu, mas demos uma prova de que estamos vivos.»

«Foi uma semana difícil, grande parte da mesma trabalhámos com meia dúzia de jogadores. Foram-se integrando os restantes em função da alta que iam tendo. Preparar uma estratégia é difícil e, a acrescentar a isso, castigados e lesionados. Depois, gerir o que foi esta semana em termos físicos. O Leandro, 45 minutos e não conseguia mais. Normalmente se tiver de fazer 120, faz 120 com o mesmo ritmo. Tivemos de recorrer ao David Simão e fiquei satisfeito com os 60 minutos que fez, nunca pensei que conseguisse aguentar 60 minutos face à ausência de competição. De qualquer forma, satisfeito com o que fizemos. Não fico satisfeito com o resultado. Ficou uma sensação de que, se não houvesse camisolas, seria difícil distinguir quem seria o Arouca. Mas o futebol é isto. Demos uma prova de que estamos vivos.»

[Penálti de João Basso:] «O Basso é exímio marcador e também falha. Mas acho que acima de tudo a equipa reagiu e criou e teve capacidade de colocar o Benfica num bloco baixo, que não é normal na equipa do Benfica. É óbvio que se temos feito o penálti, e calhar ia acrescentar ainda mais ao que fizemos. Mas a resposta que eles deram depois de sofrer um penálti e de falhar um penálti, foi a certa e temos de levar em conta o adversário. Acho que foi o Arouca que fez com que o Benfica fizesse o jogo que fez.»

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados