Amorim admite St. Juste a lateral e fala de Edwards: «Temos de esperar»

29 nov 2023, 20:01
Ruben Amorim na conferência de imprensa de antevisão ao Atalanta-Sporting (MICHELE MARAVIGLIA/EPA)

Treinador do Sporting deixa no ar questões sobre o onze inicial e enumera Lookman, Koopmeiners e De Roon como três jogadores com «grande influência na dinâmica de jogo da Atalanta»

O treinador do Sporting, Ruben Amorim, deixou para o dia de jogo contra a Atalanta, na quinta-feira, a decisão de utilizar o extremo inglês Marcus Edwards, que sofreu um acidente de viação esta manhã a caminho de Alcochete e não treinou, mas seguiu viagem para Itália.

Na conferência de imprensa de antevisão ao duelo da 5.ª jornada do grupo D da Liga Europa, Amorim também esclareceu que a utilização combinada de Paulinho e Viktor Gyökeres «depende muitas vezes dos adversários».

«Obviamente que não vou dizer em relação ao Edwards, temos de esperar por amanhã. Isto, obviamente, é um caso especial. É um jogador que tem muita influência no jogo, no que queremos apresentar, com uma construção mais a dois ou mais a três. O Marcus é um jogador importante, porque é dos melhores na equipa a tirar jogadores da frente no jogo individual e isso muda a dinâmica da equipa. Não a forma como jogamos, mas temos de esperar por amanhã. Em relação ao Paulinho jogar com o Gyökeres, depende muitas vezes dos adversários, mais uma vez têm de esperar por amanhã. O que me parece é que temos de melhorar enquanto equipa e fazer um jogo melhor do que o que fizemos na primeira volta», afirmou, em conferência de imprensa.

Questionado sobre se seria uma hipótese utilizar St. Juste a lateral como solução para parar Ademola Lookman – que muitos problemas causou ao Sporting em Alvalade – Amorim elogiou a observação do jornalista e admitiu que é possível. «Amanhã vão ver quem irá fazer esse papel, mas é uma observação bastante clara na abordagem do jogo e provavelmente poderá ser opção», respondeu Amorim.

O técnico do Sporting falou ainda da explicação dada aos jogadores sobre a Atalanta e diz que desta vez foi mais fácil essa exposição porque já não é um duelo inédito. «Conseguimos entender o que a Atalanta faz, mas é difícil de explicar aos jogadores. É uma equipa que tem muita qualidade, joga há muitos anos junta, tem o mesmo treinador. Foi mais fácil porque o foco não foi tanto a Atalanta, foi a nossa equipa, isso tornou os treinos mais agradáveis e fáceis», admitiu, enumerando ainda Lookman, Koopmeiners e De Roon como três jogadores «com grande influência na dinâmica do jogo da Atalanta».

O Atalanta-Sporting tem apito inicial marcado para as 17h45 de quinta-feira. Siga o jogo, ao minuto, no Maisfutebol.

A Atalanta é líder do grupo, com dez pontos, seguida do Sporting, com sete. O Sturm Graz é terceiro com quatro pontos e o Raków quarto e último, com um ponto, sendo que só os polacos já não têm hipóteses de chegar aos dois primeiros lugares. O primeiro lugar vale o apuramento direto para os oitavos de final da Liga Europa, enquanto o segundo vai ter de defrontar um adversário proveniente da fase de grupos da Liga dos Campeões no play-off de acesso aos oitavos. Quem ficar em terceiro segue para o play-off de acesso aos oitavos da Liga Conferência.

Relacionados

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados