Tiago Pinto: «Era preciso mudar a mentalidade, nada melhor que trazer Mourinho»

25 mai, 23:51
Roma-Feyenoord

Diretor-geral da Roma destaca o papel do treinador depois da vitória na final da Liga Conferência

Tiago Pinto, diretor-geral da Roma, manifestou-se emocionado depois da conquista da Liga Conferência, em Tirana, com uma vitória sobre o Feyenoord (1-0), com um golo solitário de Zaniolo.

«É difícil descrever. Têm sido quinze/dezasseis meses muito difíceis para mim, na primeira experiência fora do país, num clube maravilhoso, com adeptos maravilhosos, mas difícil de trabalhar. É um título importante, mas acho que é o primeiro de muitos», começou por destacar o dirigente português.

Uma final difícil, mas que acabou com mais um troféu para José Mourinho. «Foi uma final sofrida. Aqui falamos muitas vezes que é preciso mudar a mentalidade, e nada melhor que trazer José Mourinho. A equipa soube sofrer, há momentos em que não podemos jogar bem, as finais ganham-se assim», comentou.

A Roma já não ganhava um título há catorze anos. «Confio sempre no processo e nas ideias, o mister fez um trabalho inacreditável do ponto de vista do desenvolvimento individual dos jogadores, potenciar jovens, na empatia com o público. Nós temos muito clara a nossa ideia, o que queremos para os próximos três anos. Foi o primeiro [título], classificámo-nos para a Liga Europa, mudámos muita coisa por dentro do clube, e ganhámos um título», destacou ainda Tiago Pinto.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados