Yaremchuk diz ter «medo» e explica festejo: «Quis apoiar o meu país»

23 fev, 22:20
Roman Yaremchuk

Ucraniano mostrou uma camisola com o símbolo da Ucrânia depois de marcar o 2-2 no duelo entre Benfica e Ajax

Roman Yaremchuk, jogador do Benfica, em declarações na flash interview da CNN Portugal, após o empate a dois golos frente ao Ajax, numa partida da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões: 

«Estou feliz. Fico feliz por contar os minutos que joguei. Pode acontecer no futebol. Quer jogue cinco ou dez minutos, vou lutar sempre pela minha equipa, pelos meus colegas e pelos adeptos.

A mensagem na camisola? Queria apoiar o meu país. Tenho pensado muito nisto [tensão política e militar entre Ucrânia e Rússia] e tenho medo desta situação. Quero apoiar um bocadinho o meu país. O clube está a apoiar-me, falou comigo e quis fazer de tudo para me ajudar. Agradeci, mas para já está tudo bem.»

[Disse que o presidente costuma puxar por si]: «Estou aqui para marcar, é o que tenho de fazer. Não, ainda não falei com o presidente.»

Relacionados

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados